Menu de navegação
Midias Sociais
Informações
Endereço

Travessa da CDL, 221, Centro Ji-Paraná - Rondônia

Email

contato@cdljp-ro.com.br

Telefones

+55 (69) 3421.9772 | 3422.3385

Boomerang - Style Builder

Layout options


Header options


Color options

Red Violet Blue Green Yellow Orange

Special

Black and white Dark Flat

Presidente da CDL de Ji-Paraná entrega carta de apoio ao voto impresso auditável a Deputada Federal Silvia Cristina

Carta de apoio ao voto impresso auditável foi encaminhada aos parlamentares federais.
Data de publicação: 05/08/2021
Original whatsapp image 2021 08 05 at 17.53.32 %281%29


  As diversas manifestações que estão acontecendo pelo país afora defendem o voto impresso auditável por diversos motivos, dentre eles pela transparência e confiabilidade que o processo pode apresentar. A CDL de Ji-Paraná, através de toda a diretoria, também é a favor da PEC 135/2019. Nesta semana, a entidade emitiu uma carta aberta aos deputados federais e senadores de Rondônia apresentando o posicionamento. E oficializando a entrega do documento, o presidente da CDL André Moreira esteve no gabinete da Deputada Federal Silvia Cristina entregando em mãos o documento assinado pela diretoria. “A CDL entende que é uma demanda de toda a sociedade essa questão do voto impresso auditável. Elaboramos o documento e encaminhamos aos nossos representantes no Congresso Nacional e estamos tendo a felicidade de entregarmos em mãos aos parlamentares que são do nosso município”, declarou o presidente da CDL.  

  De acordo com o presidente da CDL, a entidade se posiciona a favor, por entender que o voto impresso auditável não é retrocesso para o país e sim que o processo eleitoral vai gerar maior transparência e confiabilidade aos eleitores. “E a gente conta com o apoio dos parlamentares para a aprovação do projeto de lei, nesta luta que não é de direita e nem de esquerda, é uma luta da democracia brasileira” e acrescentou “E consideramos que o voto impresso auditável é um avanço para o processo eleitoral”, frisou.  

  A deputada Silvia Cristina recepcionou de forma positiva o documento que expressa o posicionamento da entidade. “Uma solicitação já acatada por nós, porque também nos manifestamos na rede social e percebemos que este é o desejo da maioria. E receber uma demanda de uma entidade séria nos fortalece e nos direciona para a decisão.  

  Segundo a deputada, a proposta de lei deve entrar em votação no congresso nas próximas semanas. “É um tema polêmico. O projeto ainda vai passar pelas comissões. Mas devemos fazer o que a maioria clama. É quem tem o maio poder”, enalteceu.  

PUBLICIDADE

Contatowhats